domingo, 21 de janeiro de 2018

8. O QUE É O ACASO

8 – O QUE É O ACASO
Que se deve pensar da opinião dos que atribuem a formação
primária a uma combinação fortuita da matéria, ou,
por outra, ao acaso?
“Outro absurdo! Que homem de bom senso pode considerar o
acaso um ser inteligente? E, demais, que é o acaso? Nada.”

(O LIVRO DOS ESPÍRITOS, questão 8)
O QUE É O ACASO
O orgulho nos faz esconder Deus, pela fraqueza do entendimento, colocando-O como acaso, palavra que nada expressa na linguagem dos homens. E quem O desmerece esconde os seus próprios valores, porque dependemos da sua iluminada presença e da sua magnânima existência espiritual. Se o acaso não existe, como compará-lo a um ser que existiu sempre e que tem mais existência do que toda a criação junta? Absurdo dos absurdos!
Nada se faz por acaso. Para tudo existem leis que nos pedem obediência.
Para que a harmonia se faça, é justo que observes o mundo em que vives. Não se pode viver sem que se tenha leis para obedecer, e ao infrator vem logo a corrigenda.
As coisas espirituais obedecem às mesmas regras e o Comando Divino é vigilante, operando em todos os sentidos para que estas leis sejam cumpridas, no sentido de estabelecer a paz e o bem estar em todas as direções da vida.
A alma já moralizada é obediente; ela estuda e compreende o que deve ser feito e respeita todos os direitos alheios; por isso é que vive em paz com a consciência. Enquanto não trabalharmos os caminhos traçados e vividos por Jesus, permaneceremos em guerra em nós mesmos e sofreremos as consequências da nossa ignorância.
A própria ciência dos homens desmente o acaso, porque para tudo tem uma explicação lógica. A gestação de um filho no ventre de sua mãe ou a formação de um fruto e de uma flor era debitada na conta dos mistérios, atribuída ao acaso, por não se saberem os fundamentos da própria vida estuante e vigorosa em toda a criação. Entretanto, agora, no século vinte, na hora da luz, quando os Céus se aproximam dos homens, ou quando os homens abrem os corações ante outras dimensões da vida, não se deve falar em acaso, por esse assunto marcar ou reavivar os caminhos da ignorância espiritual. O acaso, ainda que tivesse existido, teria morrido por falta de alimento.
Se todo efeito tem uma causa, na dedução comum entre os homens, eis que os efeitos invisíveis estão apoiados em causas mais sutis do que pensas.
Em tudo, repitamos, existe um Comando Inteligente que de nada esquece, uma Onisciência operando para a harmonia de todas as coisas. Isso certamente nos dá muita alegria, e a esperança cresce para a dimensão do amor.
O respeito a Deus deve ser o primeiro ato de cada dia, como que uma oração de agradecimento por tudo que recebemos do seu imensurável amor, e esse ato nos colocará mais próximo da sua ação benfeitora. Cumpre-nos esclarecer que Deus está presente em nossa vida e faz o nosso viver, deixando a nossa parte para que a façamos com as nossas próprias forças. Mesmo assim, a sua misericórdia é tamanha que, se pedimos ajuda, além da que Ele nos dá naturalmente, pela sua inestimável bondade e o seu inesgotável amor a todos os seus filhos, Ele nos atenderá. Porém, não nos façamos surdos às suas leis, para que não venhamos cair em novas e piores tentações.
Esqueçamo-nos do nada e lembremo-nos do Tudo.
Esqueçamo-nos da inércia e lembremo-nos do trabalho. Trabalhando, esqueçamo-nos do ódio e abracemo-nos, vivendo o amor, porque essa disposição à verdade nos garantirá a paz espiritual e a alegria permanente no coração.
Vamos nos lembrar de Jesus com todo o carinho, Ele que veio anunciar para todas as criaturas o Reino de Deus, lembrando-nos que nenhuma das suas ovelhas se perderia, e que não existe órfão na casa do Pai. Isso significa esperança para todos nós, encarnados e desencarnados, pela presença da Fé.
É bom que deixemos bem claro que todas as combinações da matéria são forças de Deus na luz do teu entendimento.
Filosofia Espírita – Volume I
João Nunes Maia / Espírito Miramez
BOM DIA – MOMENTO DE PRECE
Olá queridos irmãos.
Muito bom dia! Muito bom dia na paz de Jesus. 
Sente-se aqui filho. Sente-se aqui para este banquete espiritual, quem nos convidou foi Jesus, o nosso Mestre. 
Sinta! Sinta a paz que habita em seu lar, que habita em seu coração. 
Filho amado de Deus, você faz parte dessa corrente de luz. Sim, ninguém neste mundo é excluído das bênçãos de nosso Pai criador. Ninguém filho. 
Não se sinta só, jamais.  Não se sinta desamparado. 
Deus nosso pai, envia aquele homem humilde de coração, para te passar uma palavra amiga, um abraço, um simples bom dia...
Filhos temos que começar o nosso dia, com simples bom dia. Isso nos fortalece, para alguns pode parecer besteira, mas aquele que carrega em seu coração, a paz de espírito do Mestre Jesus, sabe do que estou falando. 
Acredite, filho. Acredite! Um simples Bom Dia, muda, muda o nosso pensamento, a nossa forma de enxergar, a nossa vida. As pessoas ao nosso lado.
Sabe o que o mundo precisa, filho?
É de mais amor. É de mais União. As pessoas não se olham mais nos olhos. Não se cumprimentam mais. Estão ocupados com os bens materiais. Estão ocupados os outros afazeres e se esquecem do verdadeiro propósito que vieram buscar na terra.
Filhos! Precisamos estender mãos amigas. Precisamos dar mais conforto, mais segurança para os nossos irmãos. Segurança em acreditar em Deus, em Jesus, o nosso mestre.
Somos como um grãozinho de areia no deserto.
Imagine, o quanto que temos de percorrer... mas sabe qual é o melhor disto tudo, filhos, que Deus nosso Pai está aí, conosco, nos amparando, nos guiando no bom caminho, nos colocando no caminho reto através de pessoas humildes, através dos nossos Benfeitores da Luz, que veio nos mostrar que existe vida sim, após a vida, que veio nos passar a paz de espírito e confiar, confiar e revigorar a nossa fé. É disto que precisamos filho, de revigorar a fé todos os dias, fazer a nossa reforma íntima filhos. Não nos esqueçamos de fazer a nossa reforma íntima. É fácil a gente querer mudar os outros. Apontar o dedo, e nós? A nossa mudança, como avaliamos?
Filhos! Existe um momento em nossa vida que precisamos parar de olhar a vida alheia, e começar a olhar mais para dentro de nós. O que eu posso melhorar? Como que eu vou começar?
Filho, é isso que precisamos todos os dias, manter aquela meta.
Ao se levantar, faça uma prece, não precisa ser uma prece decorada, longa, basta que seja de coração. Deus nosso Pai, escuta todas as nossas preces....
Comece a dizer: Pai. Eu não vou me irritar no dia de hoje por mais que aquele irmão tente me tirar do sério, tirar minha paz de espírito. Eu vou elevar meu pensamento a Ti e vou conseguir manter a minha paz, a minha paciência...
Comece filho! A mudança, ela não é de uma hora para outra. Exige paciência, mas exige força de vontade, tenha a força de vontade. Tenha! Vai dar certo. Não brigue por coisas desnecessárias.
Vamos, a partir de hoje, começar por em prática, o que desejamos para nós. Você verá a mudança em sua vida. Mas você precisa estar atento.
Deus! Ele mostra o caminho, basta cada um de nós querer segui-Lo.
Que Assim Seja.     
Irmãos Samuel

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

7 – A MATÉRIA É EFEITO

Poder-se-ia achar nas propriedades íntimas da matéria
a causa primária da formação das coisas?
“Mas, então, qual seria a causa dessas propriedades?
É indispensável sempre uma causa primária.”
(O LIVRO DOS ESPÍRITOS, questão 7)

A MATÉRIA É EFEITO

Indubitavelmente que a matéria tem vida. No seu seio mais íntimo notar-se-ão fenômenos que por vezes escapam à inteligência humana. Há, pois, obediência às leis sutis que governam e sustentam toda a Criação. Tudo isso que notamos na matéria e que a observação científica comprova são efeitos da Grande Inteligência, que denominamos, com toda satisfação, Deus.

Nós, no mundo espiritual, e na ação que nos cabe pesquisar, continuamos em estudos profundos sobre o Criador. Assistimos, em lugares apropriados, a luminares da eternidade expondo conceitos que já puderam comprovar sobre o Grande Foco, sua vida e sua interferência em todas as direções da sua casa universal.

E eis que, para passar aos encarnados o que ouvimos é necessário que obedeçamos a certas regras da comunicação com os seres, ainda envolvidos nos fluídos da carne.

Deus é realidade absoluta; o que podemos dizer é que Ele vibra em tudo que existe.
Falando na mesma frequência dos homens, Ele é personalidade distinta no centro das suas criatividades. Repitamos novamente: Ele é Espírito. Se assim podemos dizer, o Criador é único, porém, no seu gesto de trabalho se faz binário, O que podemos observar na extensão infinita é que Ele aparece e desaparece entre duas respirações do seu dinâmico poder de viver, e seu hálito divino interpenetra todas as coisas, marcando a sua presença, semeando vida e dinamizando forças.

Somente poderemos conhecer um pouco do Grande Espírito pelos seus atributos. 

Avançar mais, onde os nossos sentidos não alcançam, é perda de tempo e falta de compreensão e obediência a determinadas leis, que marcam os limites do nosso saber. Se queres entender mais, a meditação, depois do trabalho honesto, é um caminho excelente para o conhecimento mais acentuado do Criador, Nós O conhecemos mais, não pelos números, nem por ouvir falar; sentimos sua presença quando a consciência se apóia no dever cumprido. Os Espíritos puros sentem Deus na profunda sensibilidade e expressam uma tranquilidade imperturbável no coração.

A matéria é a mais baixa vibração da Divindade, é caminho criado por Ele para o despertar dos seus filhos, que saem das suas mãos luminosas e voltam para o ser íntimo de vida. Essa viagem é um tanto ou quanto extensa, competindo a cada criatura fazer a sua parte, na aquisição da sua própria paz espiritual. Os sentidos dos homens, mesmo dos mais elevados, em comparação com a pureza espiritual dos benfeitores da humanidade, são apagados, pois se distanciam milhões de anos entre uns e outros na escala evolutiva, mas, alegramo-nos em dizer que eles também passaram por onde estamos, como estamos avançando para o reino onde eles permanecem trabalhando.

Voltando ao assunto inicial, dignamo-nos a responder que, no íntimo da matéria poderás encontrar Deus, porque as propriedades da matéria falam d'Ele, da sua grandeza espiritual, desde que tenhamos sentido para tal pesquisa. Porém, esses fenômenos não são o Criador; são efeitos da Causa Primária, manifestando-se nas formas transitórias. Pulsa na matéria a vida universal, o fluído cósmico vibrante, dirigido pela mente do Criador e obediente aos seus sentimentos. Ele sabe de tudo e está em tudo, através dos seus atributos espirituais.

A matéria, por mais evoluída que seja, não demonstra inteligência. Ela é movida pela Inteligência Suprema. Em se falando da Terra, somente no homem começa a despertar a razão, que é consequência do princípio inteligente, mesmo assim, sob o comando da Inteligência Maior, Deus.

Filosofia Espírita – Volume I

João Nunes Maia /Espírito Miramez

Horação da Manhã de Quarta-feira

HORAÇÃO DA MANHÃ
Bom dia filhos de Deus. 
Mais uma vez com a permissão de Deus nosso pai, Nos encontramos aqui, para esse momento sagrado de prece.
Meus irmãos. Vamos entregar as nossas dores, as nossas tristezas, nas mãos de Deus nosso Pai. 
Ele, sabe o que é melhor para cada um de nós. É só filho. 
Não desanimar no caminho. Provações, todos teremos, por isso a importância de estarmos com pensamento elevado, para que nada de mal possa nos acontecer.
A vida...  ela é tão bela. Ela é tão simples de se viver. 
Somos nós. Somos nós com a nossa ignorância, com a nossa vaidade, com o nosso orgulho, que não nos deixa enxergar o lado bom da Vida, as coisas simples que Deus nosso pai nos mostra. 
Filhos! Enquanto não desapegarmos desses sentimentos, vamos ficar presos. Vamos ficar presos, na ignorância do coração.
Precisamos seguir sempre os ensinamentos do mestre.
Precisamos levar em nossos corações, mentes e espíritos, a palavra de Jesus, e passar filhos, para aqueles que ainda desconhece, mostrar para o nosso próximo o Deus de amor que existe dentro dos nossos corações.
É só confiar filho! É só confiar e Crer.
Siga em frente. Siga em frente filho cimento do Amanhã.
O amanhã filho, a Deus pertence.
Não tenha medo, entregue a sua vida nas mãos de Deus e verá, verá a mudança que vai acontecer em seu caminho, quando se tem Deus no coração filho.
Não há o que temer, quando se tem Deus em nossas vidas. 
Não há o que temer. O mundo, fica mais colorido.
O mundo fica mais esperançoso, quando levamos em nossos corações a paz de espírito do mestre Jesus.
Não deixe filho. Não deixe essa luz se apagar em seu caminho, mantenha acesa do seu lado, te acompanhando está acompanhando os nossos amigos espirituais.
Aqueles anjos Guardiões que todos os dias, está a nossa volta nos guiando, amparando por este caminho. 
Que assim seja.
Irmão Samuel

Pai nosso que estais no céu, santificado seja Vosso nome, venha nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade aqui na terra como no Céu.
O pão nosso de cada dia que nos dai hoje Senhor, perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos aquele que temos  ofendido e jamais nos deixe cair em tentação mas livrai-me de todo mal.
Que assim seja.
Graças a Deus graças. Graças a Deus. Três vezes: Graças a Deus.

Espíritos sábios e benevolentes
 Mensageiros de Deus
 cuja missão é assistir aos homens e conduzi-los ao bom caminho.
Sustentai-me nas provas desta vida.
Dai-me força de suportá-la sem murmurar.
Desviai de mim os maus pensamentos e fazer com que eu não dê acesso a nenhum dos maus Espíritos que tentarem me conduzirem ao mal.
Esclarecei a minha consciência sobre os meus defeitos, e elevai sobre dos meus olhos o véu do orgulho e da vaidade, que poderia, me impedir de percebe-los e confessá-los a mim mesmo.

Vós sobretudo, meu anjo guardião, que velais mais particularmente por mim. E vós todos espíritos protetores que vos interessais por mim, fazei com o que me torne digno de vossa benevolência, conheceis minha necessidade e que elas sejam satisfeitas segundo a vontade de Deus hoje e sempre.

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Oração da Manhã

ORAÇÃO DA MANHÃ
Olá filhos abençoados de Deus. Sejam todos bem-vindos, para este momento de prece.
Que a luz de Jesus esteja filho, esteja sempre convosco.
Hoje é mais um dia para buscarmos a nossa paz de espírito. 
É mais um dia, para buscar a nossa melhoria.
E assim dar continuidade no nosso caminho.
Que Deus nosso Pai os abençoe no dia de hoje, para que assim possamos ter discernimento. Paz. Paciência com aqueles que se aproximarem de nós.
E assim, filhos amados...
Vamos dando continuidade neste caminho de provas de expiações.
Procurando sempre fazer o melhor dentro de nós, procurando sempre ajudar aqueles que se aproximam em busca de uma palavra amiga. 
Que sejamos auxiliador de Cristo.
Que possamos estar prontos para estender uma mão amiga, para dizer uma palavra que pode salvar uma vida.
O mundo filho, ele precisa de mais paz, de mais amor.
O mundo, precisas das nossas orações. Faça.
Faça filho, a sua oração diária. 
Não deixe jamais faltar em seu caminho.
Converse sempre com Deus.
Converse sempre com Pai criador.
Peça para o pai te dar saúde. Peça para o Pai te dar a paz de espírito que tanto necessita para caminhar, para buscar os seus sonhos, os seus objetivos.
Vamos aproveitar filhos, o tempo que estamos passando aqui na terra.
Mais uma aproveitá-lo.
Sempre com o amor de Jesus a nossa volta.
Sem passar por cima de ninguém, sempre colocando Deus em primeiro lugar.
Filho, o seu dia vai ser iluminado se assim você desejar que seja.
É só confiar. É só crer no Pai criador.
Ele, já abençoou seu dia, agora filho só dependerá de você. 
Dos seus atos, das suas atitudes, da forma que você quer se melhorar. 
Deus Pai, Ele está te guiando, agora caminhe em busca da sua paz, caminhe em busca da sua melhoria. 
Você consegue, porque você já é um vencedor, só de estar aqui.
Já é um vencedor. 
Que assim seja. 
Irmão Samuel

Pai nosso que estais no céu, santificado seja Vosso nome, venha nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade aqui na terra como no Céu.
O pão nosso de cada dia que nos dai hoje Senhor,
perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos aquele que temos  ofendido e jamais nos deixe cair em tentação mas livrai-me de todo mal.
Que assim seja.
Graças a Deus graças. Graças a Deus. Três vezes: Graças a Deus.

Espíritos sábios e benevolentes
 Mensageiros de Deus
 cuja missão é assistir aos homens e conduzi-los ao bom caminho.
Sustentai-me nas provas desta vida.
Dai-me força de suportá-la sem murmurar.
Desviai de mim os maus pensamentos e fazer com que eu não dê acesso a nenhum dos maus Espíritos que tentarem me conduzirem ao mal.
Esclarecei a minha consciência sobre os meus defeitos, e elevai sobre dos meus olhos o véu do orgulho e da vaidade, que poderia, me impedir de percebe-los e confessá-los a mim mesmo.

Vós sobretudo, meu anjo guardião, que velais mais particularmente por mim. E vós todos espíritos protetores que vos interessais por mim, fazei com o que me torne digno de vossa benevolência, conheceis minha necessidade e que elas sejam satisfeitas segundo a vontade de Deus

domingo, 14 de janeiro de 2018

6. PRODUTO DA EDUCAÇÃO

6. PRODUTO DA EDUCAÇÃO
O sentimento íntimo que temos da existência de Deus não
poderia ser fruto da educação, resultado de ideias adquiridas?
“Se assim fosse, por que existiria nos vossos selvagens esse sentimento?”
(O LIVRO DOS ESPÍRITOS, questão 6)
Produto da Educação
A educação nos estimula para as coisas mais nobres da vida, sabemos disso; no entanto, ela é gradativa, de acordo com a nossa evolução espiritual.
O modo de assimilação da educação nos meios em que se estagia é diferente de uns para os outros, de acordo com os dons despertados em cada criatura.
A consciência de cada alma seleciona o que recebe, como produto do meio em que vive e dá condições à inteligência, para que esta amplie os seus valores na pauta da sua existência, e recusa o que não lhe serve, por condições que já atingiu no avanço espiritual.
Toda herança é relativa, respeitando a posição do herdeiro na vida.
Consultando as grandes vidas na Terra, a razão certificar-nos-á dessa verdade.
Os Espíritos, mesmo os chamados primitivos, quando reencarnam em um meio mais evoluído, não assimilam o produto da educação oferecida, por não terem capacidade de entendimento na altura dos seus progenitores, das escolas e livros. A assertiva de que somos o produto do meio não encontra segurança nas leis da evolução. Podemos ser ou não esse produto, dependendo da faixa em que nos situemos, com aqueles com quem convivemos. E perguntamos: onde aprenderam os primeiros mestres? Qual a escola?
O aprendizado mais atuante surge das trocas de experiências entre pessoas e nações; entretanto, o surgimento do verdadeiro aprendizado das almas vem pelos processos de despertar das qualidades que, por vezes, dormem em todos os seres.
Daí é que dizemos, como já falaram todos os profetas, que Toda sabedoria vem de Deus. Todo amor parte da sua magnânima personalidade.
A ideia de Deus, na grande população indígena que viveu na Terra e da qual ainda restam uns poucos elementos, é uma prova irrefutável de que Ele existe e que não foi produto do meio. Foi revelação dos próprios Espíritos que circundavam e protegiam esses elementos, nas sequências evolutivas em que a vida os colocou.
Muitos dos senhores de engenho que dominaram o Brasil por muito tempo, alimentavam e divulgavam a ideia de que a vida terminava no túmulo e que escravos eram animais de carga. Todavia, mesmo de posse do poder da situação e da força, não tiravam dos cativos a crença da existência de Deus e das almas, que utilizavam nos batuques, os corpos dos sensitivos, para os animarem nas suas provações. Onde fica o produto do meio e da agressão?
Quanto mais sofre o Espírito, mais despertam suas qualidades espirituais, mais a verdade o conduz para os caminhos da luz!
Certamente que não vamos parar no exercício sublime da educação e da instrução em todas as faixas de vida e da vida, porque é nessa persistência humana e divina que fazemos a nossa parte, junto à já feita por Deus.
Os sentimentos íntimos que todos temos, quanto à imortalidade da alma e à existência de nosso Pai Celestial, foi a primeira coisa divina colocada em nossos corações espirituais pelas mãos do Criador, em forma de luz que nos ilumina a vida.
Essa certeza não se vende, não se dá, ninguém tira: é nosso patrimônio, que brilha em nós com alegria e esperança, a nos falar da felicidade eterna. A meta mais inteligente é educar e instruir. Por esses meios todos os talentos desabrocham e a vida para nós passa a ser uma vida em Cristo, na presença de Deus.
Filosofia Espírita – Volume I
João Nunes Maia / Espírito Miramez

Bom dia Filhos Abençoados de Deus

BOM DIA FILHOS ABENÇOADOS DE DEUS
Que a paz do mestre Jesus seja convosco
Momento de prece, momento de acalentar nossos corações, de levar o nosso pensamento ao alto.
Buscar a Deus, buscar a Deus Filhos,
em todos os momentos de nossas vidas.
É o que precisamos para o nosso caminho.
É o que precisamos para nossa vida.
Nunca deixe de fazer sua prece, ao se levantar...
nunca deixe de fazer a sua prece, a descansar o seu corpo.
Vamos nos livrar das energias negativas que tenta nos atingir filhos.
Precisamos destes momentos com Deus.
Se a vida não está fácil,
 imagine se não elevarmos o pensamento ao alto,
se não acreditarmos em Deus.
Na maioria das vezes brigamos com o Pai criador...
Achamos que ele nos abandonou...
Mas filho, às vezes precisamos enxergar o verdadeiro sentido da vida,
Do porquê de estarmos aqui...
Do porquê de estar passando por essas provações...
Tudo tem um porquê na vida. Tudo...
Então filhos desde já, desde agora, 
abra seus olhos, abra seus olhos e enxergue o que Deus Pai quer lhe mostrar.
Busque. Busque sempre o Pai Criador e não desanime no caminho,
Não desanime.
Por que a vida, ela nos mostra os caminhos certos que devemos seguir.
Cabe a nós escolher o caminho certo,
não vamos ficar presos na ignorância,
na vaidade, no orgulho...
e vamos enxergar o verdadeiro sentido da vida.
O que viemos buscar aqui na terra.
Deus. Nosso pai.
Está com você em todos o
s momentos filho.
Agora levante sua cabeça e segue...
Seguir adiante, neste Caminho de Luz que te conduz.
É Jesus.
O nosso Mestre. O nosso Guia e Modelo.
Vamos ser filho.
 Vamos ser, um auxiliador de Cristo.
Vamos buscar para nós, a paz de espírito.
Que assim seja.
Irmão Samuel

Pai nosso que estais no céu, santificado seja Vosso nome, venha nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade aqui na terra como no Céu.
O pão nosso de cada dia que nos dai hoje Senhor,
perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos aquele que temos  ofendido e jamais nos deixe cair em tentação mas livrai-me de todo mal.
Que assim seja.
Graças a Deus graças. Graças a Deus. Três vezes: Graças a Deus.
Espíritos sábios e benevolentes
 Mensageiros de Deus
 cuja missão é assistir aos homens e conduzi-los ao bom caminho.
Sustentai-me nas provas desta vida.
Dai-me força de suportá-la sem murmurar.
Desviai de mim os maus pensamentos e fazer com que eu não dê acesso a nenhum dos maus Espíritos que tentarem me conduzirem ao mal.
Esclarecei a minha consciência sobre os meus defeitos, e elevai sobre dos meus olhos o véu do orgulho e da vaidade, que poderia, me impedir de percebe-los e confessá-los a mim mesmo.
Vós sobretudo, meu anjo guardião, que velais mais particularmente por mim. E vós todos espíritos protetores que vos interessais por mim, fazei com o que me torne digno de vossa benevolência, conheceis minha necessidade e que elas sejam satisfeitas segundo a vontade de Deus hoje e sempre.

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

5. Que dedução se pode tirar do sentimento instintivo

5 - QUE DEDUÇÃO SE PODE TIRAR DO SENTIMENTO INSTINTIVO,
que todos os homens trazem em si, da existência de Deus?
“A de que Deus existe; pois, donde lhes viria esse sentimento,
se não tivesse uma base? É ainda uma consequência do princípio
— não há efeito sem causa.”
(O LIVRO DOS ESPÍRITOS, questão 5)
INTUIÇÃO DIVINA
A telepatia entre os homens é um fato constatado. Constitui-se em experiências de todos os reinos do saber. Já se conhece as suas causas e seus efeitos, com largos exemplos, nos quatro cantos do mundo. Já se sabe que cada criatura pode transmitir as suas ideias aos seus semelhantes, por vezes sem estar consciente desse ato, comum a todos os seres. Muitos buscam a perfeição ou melhoramento nas transmissões dos seus pensamentos, através de escolas, ou exercícios específicos no silêncio das coisas que se operam na vida.
E é nessa verdade que encontramos outra mais sutil: se os encarnados podem se comunicar entre si, pelos fios dos pensamentos, os desencarnados igualmente o podem, e com mais propriedade, por se encontrarem livres das cadeias da carne. E, se os homens trocam suas ideias, na serenidade das vibrações, asseguradas por leis que sustentam a harmonia, e se esses mesmos homens desencarnados continuam esse processo de comunicação recíproca, como não pensar nas possibilidades de os desencarnados transmitirem seus pensamentos aos encarnados pelo mesmo mecanismo?
Eis aí a Mediunidade, que se estende em todas as direções, pelos caminhos da sensibilidade, na regência da lei do Amor, onde a fraternidade abriu caminhos por meios da Caridade. Os homens sensíveis, querendo, podem negar, pois têm livre escolha nas suas atitudes, porém, eles conhecem quando os pensamentos nascem da sua própria mente e quando procedem de fontes espirituais, dado o peso magnético das suas vibrações. A consciência registra todos os valores e dá a conhecer à mente instintiva e atuante a procedência da conversa mental.
Usamos as comparações acima citadas, para te dizer de algo excelente, para te dizer do avanço da razão, aprimorada na sequência do tempo e pelas bênçãos de Deus: queremos falar da intuição, que será a faculdade comum do futuro, por enquanto latente em todos os seres. E ela o veículo divino capaz de orientar todas as criaturas e fazê-las felizes, filha do progresso espiritual, nascida no amanhecer das almas, ao despertarem para a luz, para o entendimento das leis espirituais. Essa intuição, no seu princípio se chamava instinto, dominando animais e homens nos seus primeiros passos. E se os homens primitivos já possuíam em suas consciências a ideia de Deus e viviam em tribos espalhadas pela Terra, sem condições de comunicação entre si, qual a origem dessa consciência de um Poder Supremo? E se não existe causa sem efeito, nem efeito sem causa, essa causa será, certamente, esse Deus que tanto amamos, que fala a tudo e a todos da sua existência, pelos processos compatíveis com os que devem e precisam escutar a sua voz dentro da alma.
A certeza da existência de Deus é a de que Ele existe. Não há outra lógica no mundo das deduções humanas e espirituais, e tudo que vive canta louvores ao Criador, na dimensão que lhe é própria; e nós, já na condição de Espírito humano, como sendo as flores da grande árvore plantada por Deus no jardim cósmico, cantemos juntos, encarnados e desencarnados, o hino de gratidão ao Supremo Senhor do Universo, pelo que somos e atingimos na escala da vida!
Esse cântico deve ser manifestado pela vida reta, mesmo nas estradas tortuosas onde nos situamos. Busquemos a intuição divina, para que a Divina Intuição nos ampare e nos desperte para a verdade que nos fará livres!
Filosofia Espírita – Volume I

João Nunes Maia / Espírito Miramez

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

O Iluminado

O ILUMINADO
As sucessivas ondas de perfume carreadas pelos ventos suaves da primavera faziam parte do festival de alegria que dominava a Natureza.
As folhas de mangueiras enfeitavam as portas das casas da aldeia, significando fecundidade em abundância, e o ashram se encontrava ornamentado de festões de flores de laranjeiras.
As pessoas transitavam felizes, ornadas de guirlandas coloridas, e as virgens descalças exibiam os braceletes e guizos reluzentes, assim como as jóias cintilantes que adornavam os sáris leves, dourados uns, prateados outros.
Enfeitadas com esmero e pintadas, aguardavam o Iluminado que deveria chegar, quais noivas ansiosas pelas núpcias anunciadas.
Crianças gárrulas, vestidas com cuidado, corriam de um para o outro lado, como abelhas operosas, embora não produzissem nada além da música estridente dos gritos e das risadas...
O Sol ameno beijava a terra verde exultante de vitalidade com carícia gentil.
De quando em quando, soavam os clarins anunciadores, informando a proximidade da comitiva que conduzia o Esperado.
O palanque no centro do ashram estava repleto com as autoridades e as personagens locais de maior destaque.
Todos O aguardavam com expectativa mal disfarçada.
Esperava-se que Ele chegasse numa carruagem ajaezada de gemas preciosas e ornada de ouro, conduzida por corcéis brancos igualmente recobertos de tecidos caros...
...Ele, porém, chegou caminhando, pés descalços, cabeça erguida e corpo coberto somente pela túnica em tonalidade açafrão, que lhe descia até ao solo.
Nenhum adorno se destacava na indumentária.
Os seus acompanhantes eram, também, destituídos de luxo e de ostentação.
A multidão não pôde esconder o desencanto.
Aguardava-se um rei poderoso que representava Brahma na Terra, e o mensageiro parecia tão pobre e sem valor!
Ele dirigiu-se ao estrado, subiu, calmamente, os degraus, saudou as personalidades com humildade, em melodiosas expressões Namastê!1
As pessoas acercaram-se mais e um silêncio cósmico facultou a oportunidade para Ele falar...
...Eu venho em nome da Luz Inapagável, que antecedeu ao tempo e ao espaço.
Eu sou o portador da Sua claridade, a fim de que toda a sombra se dilua nas mentes e nos corações humanos.
Eu sou a luminosa verdade que desalgema o Espírito da dominadora sombra da ignorância.
Eu sou o archote da esperança para quem busca, sou o socorro para quem o necessita.
Não tenho nada, além disso, nem me interessa possuir outras coisas...
Eu sou!...
Ante a expectação e a onda de ternura que invadiu as pessoas, um apelo maternal rompeu a pausa que Ele fez, rogando:
- Minha filha é cega! – e ergueu-a nos braços.
Ele sorriu, misericordioso, e, dos Seus olhos saíram raios brilhantes, atingindo a criança invidente, que gritou: - Vejo! – e prorrompeu em pranto...
Outrem suplicou:
- Cura as minhas feridas!
Ele estendeu as mãos que espraiaram radiante luz, que logo cicatrizou as úlceras...
...E todos que se encontravam nas trevas das aflições suplicaram remendos para os seus corpos corrompidos, enquanto Ele, curando-os, iluminou-lhes as almas equivocadas.
Quando a noite chegou estrelada, e Ele partiu, uma estrada esplendendo em luz feérica se estendeu da aldeia humilde, perdendo-se na direção do infinito.
O Iluminado compadecido, que nada possuía, era o amor que tudo pode e que se dá, deixando perene claridade naqueles que deambulam na escuridão da inferioridade.
pelo Espírito Rabindranath Tagore - Página psicografada pelo médium Divaldo Pereira Franco, na sessão mediúnica da noite de 7 de julho de 2008, no Centro Espírita Caminho da Redenção, em Salvador, Bahia.
Em 23.03.2009. Do site: http://www.divaldofranco.com/mensagens.php?not=110